Um jovem foi morto a tiros dentro de casa no fim da noite deste domingo (23), em Colombo, na região metropolitana de Curitiba. André Mendes Pinho estava tentando mudar de vida e começaria em um emprego novo nesta segunda-feira (24). Ele tinha passagens por tráfico de drogas, roubo, era ex-presidiário e fazia parte de uma das maiores facções do país.

 

Jovem foi morto a tiros. Foto: Banda B

 

A casa onde o jovem morava fica na rua das Hortênsias, na região do bairro São Dimas, e foi invadida por volta das 22 horas, por dois homens encapuzados. O investigador Luiz Felipe do Alto Maracanã que esteve no local após o crime disse à Banda B que o jovem estava na casa na companhia da esposa e de um casal de amigos.

“Ele já tem algumas passagens por trágico e roubo na região de Curitiba. Hoje, segundo o que nos contaram, dois indivíduos encapuzados entraram na casa dele e enquanto ele e a esposa e um casal de amigos estava na residência efetuaram os disparos e ele morreu no local”, contou.

 

Jovem foi morto em frente a esposa e amigos. Foto: Banda B

 

Assim que os disparos começaram, as testemunhas disseram que Pinho tentou se defender. “Ele tentou se segurar nesse amigo, tomou os tiros, a arma de um deles falhou, o outro entrou na casa de novo e terminou de efetuar os restantes dos disparos”, completou.

Vida nova

Familiares contaram aos policiais civis que Pinho queria uma vida nova e começaria nesta segunda-feira (24) em um trabalho novo. “Segundo os familiares dele, ele era faccionado, membro do PCC, saiu recentemente, ia começar um emprego amanhã. Agora, aconteceu esse fato que impediu a continuidade disso”, finalizou.

O corpo dele foi recolhido ao Instituto Médico Legal (IML) de Curitiba. A Delegacia de Polícia do Alto Maracanã investiga o crime.