(Foto: Colaboração Banda B)

 

O corpo de um jovem de 20 anos que estava desaparecido foi encontrado em Almirante Tamandaré, na região metropolitana de Curitiba, nesta sexta-feira (22). Paulo César Machado estava enterrado em uma cova em meio ao matagal na altura da Rua Roque Gusso, no Jardim Areias.

Segundo o delegado Ademair Braga, responsável pelo caso, ainda não é possível identificar a causa da morte, que só será determinada por meio de exames no Instituto Médico Legal (IML).

Mesmo com o estado avançado de decomposição, a família reconheceu a vítima, devido a sinais e a tatuagens que ela tem no corpo. “Nós tiramos algumas fotos, mostramos para os familiares e eles confirmaram que se trata do mesmo rapaz que estava desaparecido. Ele foi encontrado enrolado em um lençol, em uma cova que tinha mais de um metro de profundidade, então os autores tiveram bastante tempo para cavar”, relatou o delegado em entrevista à Banda B.

O jovem estava ainda com os pés amarrados com uma corda. “Não sabemos se ele foi torturado antes de morrer. O que temos, por enquanto, é a informação de que ele possuía uma relação de proximidade com os supostos autores. A polícia já tem a identificação dos suspeitos e trabalhamos agora para expedir o mandado de prisão preventiva”, completou.

Outro caso

Os investigadores também apuram se a morte do rapaz pode estar relacionada com o assassinato de um adolescente de 16 anos que aconteceu na manhã de terça-feira (19), também em Almirante Tamandaré. Na ocasião, um homem atirou contra Ricardo da Silva Rodrigues várias vezes e chegou a fotografá-lo após o crime. A imagem chegou por WhatsApp até a mãe da vítima.

“As linhas de investigação para ambos os casos estão sendo analisadas. Nós temos as hipóteses de disputa por ponto de drogas e vingança por outras mortes, mas isso ainda será apurado”, concluiu o delegado.

As duas ocorrências estão sob responsabilidade da Delegacia de Almirante Tamandaré.