A medida protetiva expedida para assegurar a proteção da ex-esposa de Luiz Fernando Diniz da Silva, 22 anos, não garantiu que a família sofresse com cenas de violência, na noite deste domingo (29). A ex-sogra dele Eliane Ferreira dos Santos, 43 anos, foi baleada pelo homem, que pulou o muro da casa com uma arma em punho querendo ver os filhos – um de 3 anos e outro de seis meses. Ele e a ex-esposa estão separados há dois meses por histórico de violência e ausência de compromisso financeiro, conforme afirmou a mãe das crianças.

A família mora em uma casa na rua Leopoldo Rodrigues, no bairro Capela Velha, em Araucária, na região metropolitana de Curitiba. A ex-esposa contou em detalhes à Banda B.

“Estávamos em casa, minha sentada aqui fora, meu filho mais velho pediu para dar voltas com o carrinho onde estava o neném, minha mãe olhando, e eu fui ao banheiro. Quando eu saí do banheiro ouvi ele pulando para o lado de dentro de casa, mas eu imaginei que pudesse ser o carrinho caindo. Minha mãe gritou, eu corri achando que era o neném, mas quando cheguei ali fora vi ele apontando a arma para a minha mãe, dizendo que queria ver os filhos, que não era certo ele ficar longe dos filhos, que queria pagar pensão, o que ele nunca tinha pago. Meu mais velho vai fazer quatro anos e nunca recebeu um mês de pensão quando estávamos separados”, disse ele, afirmando que essa não é a primeira vez que o casal se separa.

Nesse momento, a avó das crianças pediu calma ao homem, dizendo que o melhor era eles conversarem. “Ele colocou a arma para trás e disse que, então, queria conversar apenas com ela e a sós. Minha mãe disse que não era assim porque tinha uma medida protetiva. Quando ela disse isso, ele começou a atirar. A gente fechou a porta e nos abaixamos. Os tiros atingiram minha mãe, mas poderiam ter pego até mesmo nos filhos dele”, descreveu a jovem.

A mulher baleada foi socorrida por ambulâncias do Serviço Integrado de Atendimento ao Trauma em Emergência (Siate). Ela foi atingida na perna e encaminhada ao Hospital Municipal de Araucária (HMA), sem risco de morte.

A mãe das crianças disse que a cena foi bastante traumática para o filho mais velho. “Ele ficou gritando ‘meu pai atirou na minha avó, meu pai atirou na minha avó’. Como que uma pessoa faz isso na frente dos filhos? Eu só quero viver em paz. Não quero nada dele, nunca deu nada para os filhos, mesmo. Só quero viver em paz”, finalizou a ex-esposa de Fernando.

 

Luiz Fernando perdeu o controle de sua motocicleta e colidiu contra um poste. Foto: Banda B

Acidente

Logo após atirar contra a ex-sogra, o jovem saiu de motocicleta e bateu contra um poste de iluminação, no bairro Chapada. Ele teve uma fratura na perna esquerda e foi encaminhado ao Hospital Trabalhador. A arma não foi localizada, segundo policiais. Luiz Fernando foi escoltado e depois da alta médica será levado à delegacia.