A Polícia Civil cumpriu nesta terça-feira (15) um mandado de prisão preventiva contra um rapaz de 19 anos de idade – o mandado foi cumprido na região da Nova Rússia, em Ponta Grossa. De acordo com as investigações comandadas pela delegada Claudia Krüger, o jovem teria mantido a namorada refém por mais de 48 horas e ainda torturado o animal de estimação da companheira.

(Foto: Arquivo JM)

Segundo Claudia, a agressão aconteceu na região da Nova Rússia. “O jovem chegou em casa agressivo com a companheira, uma moça de 19 anos de idade. Ele [agressor] pegou a gatinha de estimação dela, única referência de carinho da vítima, ergueu o animalzinho para o alto e, em seguida, o arremessou no piso da casa”, contou a delegada.

Segundo Claudia, ao ver a vítima chorando de desespero diante do animal agonizando, o rapaz ainda a agrediu com socos no rosto e a trancou num quarto da casa. “A vítima ficou num porão e rapaz vigiou a porta para que ela não fugisse, ele também se apoderou do chip do celular da vítima”, contou a delegada.

De acordo com a delegada, a vítima só conseguiu se comunicar com a família no dia 3 de outubro. “O caso foi registrado no dia seguinte na Delegacia da Mulher e em seguida, junto com a PM, buscou-se o resgate da vítima, mas o autor conseguiu fugir do local antes da chegada das equipes. Sua prisão foi solicitada imediatamente após os depoimentos”, explicou a delegada.

O jovem preso não teve o nome revelado e deverá ser levado à Cadeia Municipal Hildebrando de Souza.

Para mais informações sobre os Campos Gerais acesse o Portal A Rede clicando aqui.