Um morador de rua de 19 anos foi preso em flagrante depois de promover um arrastão em duas estações-tubo no Terminal do Guadalupe, no Centro de Curitiba, na manhã desta terça-feira (10). Ele foi detido na Rodoviária por um policial militar que voltava para casa depois do trabalho. O detido confessou que comete furtos e roubos para sobreviver e sustentar o vício das drogas.

O suspeito estava na companhia de outro comparsa, que conseguiu fugir após os assaltos. Eles levaram mochilas e pertences de passageiros que aguardavam os ônibus e dinheiro dos caixas dos cobradores. Na proximidade da Rodoviária, o soldado Samuel da Polícia Militar (PM) desconfiou quando viu o suspeito correndo.

“Eu vi que um indivíduo correndo com uma mochila nas costas e outra na mão, achei estranho. Atrás dele tinham outras pessoas correndo e quando me viram começaram a gritar que ele era ladrão”, contou à Banda B.

O policial atendeu ao pedido das vítimas e outros pedestres e passou a perseguir o suspeito. “Eu larguei a minha mochila e consegui pegar o suspeito, entramos em luta corporal e ele se rendeu quando eu saquei minha pistola. Algemei ele e solicitei apoio”, finalizou, em entrevista à Banda B.

Com o suspeito, nenhuma arma foi encontrada. As vítimas contaram que ele estava com uma faca, que possivelmente ficou com o comparsa. Para a polícia, ele contou que vive nas ruas e sobrevive de furtos e roubos. O jovem foi encaminhado a Central de Flagrantes.