Por Luiz Henrique de Oliveira e Djalma Malaquias

centro dentroJovem paranoico viu o que não existia. Culpa das drogas (Foto: Djalma Malaquias – Banda B)

Um jovem, que jurou ter visto bandidos fortemente armados invadindo o prédio em que mora, mobilizou várias viaturas da Polícia Militar (PM) na manhã desta terça-feira (1). Até o Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) foi à Rua Augusto Stelfeld com a Ermelino de Leão, no Centro de Curitiba, mas chegando lá nenhum sinal da suposta quadrilha foi localizado.

Os policiais fizeram uma intensa varredura, seguindo os padrões de segurança. Como a denúncia era falsa, os PMs tiveram uma conversa frente a frente com o solicitante e perceberam que algo estava errado. O jovem estava alterado devido ao uso de maconha e, provavelmente, viu o que não existia.

O tenente-coronel Hudson, do Bope, contou à Banda B que só o jovem viu os ‘ladrões’. “Chegou para nós que quatro homens armados haviam invadido o prédio. Esse morador nos disse que eles haviam pulado para outro imóvel. Nós fizemos uma varredura e não encontramos nada. Percebemos que o solicitante estava muito alterado devido ao efeito de tóxicos”, descreveu.

No apartamento do jovem, os policiais encontraram uma porção de maconha. “Mediante tudo isso, ele será levado à delegacia pelo porte de maconha e também por falsa comunicação de crime. Nenhum outro morador viu qualquer movimentação suspeita”, explicou.

O jovem paranoico, que mobilizou inúmeras viaturas para nada, preferiu não falar sobre o caso.