Um conhecido entre a vizinhança por  andar armado pelas ruas e se envolver em confusões trocou tiros com a Polícia Militar (PM) na noite desta quinta-feira (17), em Colombo, na região metropolitana de Curitiba. Sem identificação, o jovem aparenta ter 25 anos e morreu com um revólver em uma das mãos, conforme detalhes dos socorristas que foram até o local. Um adolescente que estava com ele foi apreendido.

A confusão começou no fim da tarde quando a polícia foi acionada por uma vizinha dizendo que o marido estava sendo ameaçado por esse jovem, na região do bairro Roça Grande. Na rua Vitório Benjamin Mocelin, uma viatura com dois policiais encontrou os suspeitos. O tenente Coronel Ramos, comandante do 22º Batalhão da Polícia Militar, que atendeu à Banda B no local, disse que um deles correu para dentro de um matagal.

“Existia uma pessoa sendo ameaçada por outra com arma de fogo. Viatura veio para a região e abordou duas pessoas, quando um deles, o menor, foi segurado no local, e o outro correu para dentro de um matagal. O policial foi atrás dele, houve troca de tiros e o policial o atingiu. Segundo populares, é uma pessoa encrenqueira, já conhecida na região por andar armada”, descreveu à Banda B.

O Corpo de Bombeiros foi chamado para prestar atendimento ao suspeito baleado. O cabo Dutra, do Serviço Integrado de Atendimento ao Trauma em Emergência (Siate), disse que o rapaz não resistiu aos ferimentos. “Ele está a cerca de 50 metros para dentro do mato, caído com vários ferimentos no corpo e a gente percebeu que tem uma arma na mão esquerda”, contou o cabo.

O adolescente que estava junto com o suspeito morto foi apreendido. Moradores da região disseram aos policiais que o rapaz morto era encrenqueiro e sempre causava confusão no bairro. O corpo dele foi recolhido ao Instituto Médico Legal (IML) e segue sem identificação oficial.