Um jovem foi morto a tiros no Centro de Almirante Tamandaré, na região metropolitana de Curitiba, no fim da manhã desta segunda-feira (6). O rapaz, de 22 anos, estava na Rua Athayde de Siqueira quando foi baleado. Mesmo ferido, ele correu até a Avenida Emílio Johnson para pedir ajuda, mas não resistiu aos ferimentos.

(Foto: Djalma Malaquias – Banda B)

Segundo o investigador Dailton, da Polícia Civil, os autores do crime estavam em um EcoSport prata, de modelo antigo. “O passageiro atirou contra a vítima e o motorista saiu em disparada logo em seguida, sentido Jardim Roma. O jovem foi atingido e correu até a rua principal. Parece que ele chegou a dizer que tinha sido baleado por engano, mas, a princípio, acreditamos que não foi o que aconteceu”, disse ele em entrevista à Banda B. O investigador afirmou ainda que o rapaz já tinha passagens por receptação.

Cuidador de carros

O padrinho da vítima contou que, no momento do crime, o afilhado estava na rua para cuidar de carros estacionados e conseguir dinheiro para comprar fralda para o filho. “Eu fui com o pai dele pegar uma bebida e, assim que nós voltamos, ele veio berrando, dizendo que tinha sido baleado. Antes de morrer, falou que tinham atirado por engano. Ele tinha saído da cadeia, pagou pelo o que fez, estava tranquilo”, comentou.

O corpo do jovem foi recolhido pelo Instituto Médico Legal de Curitiba e a delegacia de Almirante Tamandaré deve investigar o caso.