Siate chegou a ser chamado, mas vítima não resistiu (Foto: Colaboração)

 

Um jovem de 23 anos foi assassinado a tiros, no final da tarde desta quarta-feira (9), após ser chamado pelo nome no bairro Santa Cândida, em Curitiba. De acordo com testemunhas, o atirador aparentava ser conhecido da vítima, mas rapidamente fez uma volta no carro e realizou os disparos na Rua Padre Paulo Caneles.

O soldado Maycon, do 20° Batalhão, comentou que as testemunhas relataram ter visto uma criança dentro do Santana do atirador. “Esse Santana prata teria encostado do outro lado da rua e aguardou. Todos os disparos foram em direção à vítima”, comentou.

As primeiras informações dão conta de que a vítima seguia até um ponto de ônibus, acompanhado. Como apenas ele foi baleado, a polícia acredita que o jovem de fato fosse o alvo.

O Siate chegou a ser chamado, mas nada pode fazer. A Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) passa a investigar o caso.