Dois jovens, de 20 e 23 anos, foram presos na última sexta-feira (7) sob a suspeita de matar o adolescente Gabriel Gonçalves da Silva, de 16, em dezembro de 2022, em Curitiba (PR).

De acordo com a Polícia Civil, as investigações apontaram que a motivação do crime está relacionada ao tráfico de drogas nos bairros Guaíra e Parolin.

A vítima teria sido atraída para uma emboscada no dia da morte. Segundo a delegada Magda Hofstaetter, o adolescente recebeu mensagens do perfil de uma mulher em uma rede social.

Com ajuda de drone, irmãos são presos suspeitos de atrair e matar adolescente a tiros em Curitiba
Foto: Reprodução/Polícia Civil

“Ele recebeu mensagem de uma menina o chamando para ir até a casa dela. A equipe de investigação descobriu que, na verdade, foram os atiradores que usaram a rede social para atrair a vítima”, explicou.

Os suspeitos teriam alugado o celular dela por R$ 400 a fim de usar a rede social e armar a emboscada. Um mês antes de ser assassinado, Gabriel foi vítima de um atentado a tiros. “Enquanto permanecia internado, ele apresentou a imagem do atirador, sendo o indivíduo, de 20”, diz a Polícia Civil.

Conforme a delegada, a prisão deles só foi possível após testemunhas decidirem relatar à polícia o que sabem. Os irmãos são investigados por suposto envolvimento em outros homicídios.

Os suspeitos foram presos preventivamente e encaminhados ao sistema penitenciário.

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

Com ajuda de drone, irmãos são presos suspeitos de atrair e matar adolescente a tiros em Curitiba; veja vídeo

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.