Foto: Arquivo JM

 

Nesta sexta-feira (08), dois homens foram presos em flagrante na Delegacia de Polícia Federal em Ponta Grossa. Um deles, de 38 anos, é instrutor de tiro. O outro, de 59 anos, era requerente de renovação de arma de fogo.

Segundo investigação em curso, o instrutor de tiro credenciado pela Policia Federal para aplicação de Teste de Capacidade Técnica, para requerentes que pretendem adquirir arma de fogo ou renovar registro (de acordo com a Lei 10.826/03 e Instrução Normativa 111/2017 DG/PR), vendia os Laudos de Tiro, sem aplicação dos Testes. O requerente apresentou esse laudo falso e também foi preso em flagrante.

Segundo a Polícia Federal, de Ponta Grossa, para se credenciar junto à Policia Federal, os instrutores de tiro se submetem a avaliação prática, técnica e de idoneidade rigorosa, pois se trata de uma atividade extremamente importante, que habilita ao cidadão ao manuseio de uma arma de fogo e seu registro para posse em sua residência.

Para mais informações sobre os Campos Gerais acesse o Portal A Rede clicando aqui.