Por Denise Mello e Juliano Cunha

pilarzinho2Fabio Silva morreu com pelo menos sete tiros – Foto: Juliano Cunha/Banda B

Um homem de 31 anos foi morto com pelo menos sete tiros na noite desta terça-feira (21), no bairro Pilarzinho, em Curitiba. Fabio da Silva ainda tentou escapar dos tiros correndo para o carro, na frente da casa da irmã que tinha ido visitar, mas não conseguiu resistir. Os assassinos atiraram diversas vezes e tinham Fabio como alvo certo.

Testemunhas contaram que por volta das 20 horas, Silva chegou na casa da irmã na Rua Laudemiro do Valle,acompanhado de outro parente, que entrou primeiro na casa. De repente, começaram tiros. Silva ainda teria tentado correr em direção ao seu carro, mas morreu em seguida. Ele foi atingido por pelo menos sete tiros,a maioria na cabeça. Segundo as primeiras informações, dois homens saltaram de um carro quadras antes, atiraram em Silva e correram em seguida.

“Ele não teve chance. Quando chegamos já estava morto. Conseguimos contar sete tiros no corpo, mas muitas cápsulas vazias estavam dentro do veículo, o que indica que atiraram várias vezes”, contou o soldado Garret, socorrista que esteve no local.

A Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) esteve no local para colher as primeiras pistas que levem aos assassinos. De acordo com o Delegado Renato Coelho de Jesus, algumas informações serão preservada. “A princípio sabemos que dois jovens praticaram o crime. Já temos algumas informações, mas algumas serão preservadas. Informações preliminares falam de uma briga antiga com um parente, com troca de tiros, mas isso foi lá atrás e já teria sido resolvido inclusive judicialmente. Vamos ouvir testemunhas, familiares e tentar chegar aos autores”, afirmou o delegado.