Um homem de 46 anos morreu após reagir a uma abordagem da Polícia Militar (PM) em Almirante Tamandaré, na região metropolitana de Curitiba. Segundo a PM, a ação aconteceu nesta sexta-feira (18), após as equipes descobrirem a localização do homem suspeito de praticar diversos crimes na região central da capital. A ação no bairro Jardim Roma.

 

A PM informou que, no inicio da abordagem, o homem não revelou o verdadeiro nome. No entanto, como a polícia já tinha informações sobre a identidade do rapaz, o questionou sobre isso. Ao ser pego de surpresa, o suspeito sacou uma arma do sofá e agiu contra as equipes.

“Inicialmente, o suspeito apresentou dois documentos falsos. Mas, as equipes já tinham o verdadeiro nome e outras informações dele. No final, ele reagiu e houve esta situação do confronto que o levou a morte”, revelou o capitão Maier à Banda B.

Ainda de acordo com Maier, a mulher também estava na residência no momento da abordagem. No entanto, ela teria dificultado o trabalho da PM ao também apresentar documentos falsos sobre a identidade da vítima. “Possivelmente, eles moravam nesta casa e, segundo ela, estavam juntos há 8 e 9 meses. Ela também apresentou dois documentos falsos antes de acharmos a identidade original do homem”, pontuou Maier.

 

 

O corpo do homem será encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Curitiba. Por sua vez, a mulher foi encaminhada como testemunha à delegacia. “No nome dela também consta vários boletins por outros crimes. Porém, no momento, ela não possuí nenhum mandado de prisão em aberto”, concluiu o capitão à Banda B.