Da Redação

A Delegacia de Pinhais, na região metropolitana de Curitiba, investiga o assassinato do motorista Jacionei Estefano da Silva, de 33 anos. Segundo a Polícia Militar, o crime, na madrugada deste domingo (3), foi cometido por um vigilante de casas populares.

As informações apuradas pela Banda B são de que o motorista assassinado estava dando uma festa para parentes que vieram de Santa Catarina (SC) quando um deles, que bebeu demais, desapareceu. Ele foi encontrado pouco depois rendido pelo vigilante que se negava a soltá-lo e ameaçava atirar em quem se aproximasse, o acusando de furto às residências da região.

Em determinado momento, Jacionei deu um passo à frente e o vigilante disparou um tiro que acertou o peito dele. Os familiares chegaram a socorrê-lo a uma Unidade de Pronto Atendimento, mas nada pôde ser feito pela vítima.

O vigilante fugiu em seguida ao crime e não foi localizado. Já o primo de Jacionei, que havia se escondido para não ter que voltar à SC, nada sofreu.