A Polícia Civil investiga um crime que aconteceu na manhã desta quarta-feira (18), na Cidade Industrial de Curitiba. Manoel Ferreira da Silva Filho, 43 anos, sofreu diversos disparos de arma de fogo e morreu dentro de casa. A polícia afirmou que Filho tinha sofrido um atentado recente.

Foto: Banda B

A casa fica na Rua Jhony Wendler, na região da Vila Barigui, por volta das 10 horas. A delegada Tathiana Guzella da Homicídios disse que câmeras de segurança auxiliaram nas primeiras informações. “Aqui tem imagens e por elas vimos que são dois homens, um deles disparou diversas vezes, aparentemente, com uma pistola 9 milímetros. A vítima trabalhava com um carrinho removendo terra. Quando ele viu os algozes, tentou fugir porque imaginou, mas não conseguiu. Nesse trajeto dos disparos, atingiu uma cadelinha da família, que será socorrida”, descreveu a delegada.

Segundo Tathiana, o homem instalou recentemente câmeras de segurança em casa. “Isso porque ele já sofreu uma tentativa de homicídio frustrada há meses. Então, resolveu colocar câmeras em casa”, completou.

Vizinha

Uma vizinha, amiga da vítima, lamentou a morte dele, conhecido por todos como Negão. “Eu conhecia muito bem porque era quase um irmão para mim, mas eu não sabia nada de errado dele. Escutei os tiros, quando estava tomando café, me deu um sentimento ruim, corri aqui, mas ele já estava morto. Sei que ele já tinha sido preso, mas não sei o motivo”, disse ela à Banda B.

A esposa e a filha de Silva estavam na casa no momento do crime. O Instituto Médico Legal (IML) de Curitiba fará o recolhimento do corpo da vítima.