Um morador da favela de São Carlos, no Estácio (região central do Rio), morreu atingido por uma bala perdida no final da manhã desta sexta-feira, 7, enquanto criminosos atacavam policiais da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) situada na comunidade. Após o episódio, moradores da favela realizaram um protesto e incendiaram dois ônibus municipais no Catumbi, bairro vizinho, por volta das 13h.

(Foto: Reprodução)

Segundo a UPP São Carlos, policiais estavam fazendo ronda de rotina pela região conhecida como Chuveirinho quando foram atacados por criminosos. Segundo a UPP, não houve revide por parte dos policiais. Um morador que, segundo testemunhas, estava decorando uma praça onde neste sábado haveria uma festa junina quando foi atingido por uma bala perdida. Socorrido pelos policiais militares até o Hospital Central da Polícia Militar, no Estácio, ele morreu.

Revoltados com a morte do rapaz, cujo nome não havia sido identificado até as 17h, moradores da favela de São Carlos fizeram um protesto e interditaram a Rua Carolina Reidner, no Catumbi. Dois ônibus municipais foram incendiados.