Homem foi agredido e teve corpo carbonizado (Foto: Daniela Sevieri – Banda B)

Um homem 56 anos, que segundo testemunhas tinha problema com a bebida e vivia como morador de rua há um ano e meio, foi brutalmente agredido até a morte na noite desta quinta-feira (24), em Colombo, região metropolitana de Curitiba. José Alves de Mello, conhecido na região como Zé do Litro, vivia em um imóvel abandonado na rua José de Alencar, no bairro Guarani, e foi agredido até a morte. Ele ainda teve o corpo incendiado.

Segundo uma testemunha do crime, dois homens entraram no locam em busca de R$ 100 que estaria com a vítima. “Morava eu e esse cara que mataram aqui. Chegaram estes caras que eu nem conhecia e falaram que iam roubar ele. Começaram a espancar e depois queimaram o corpo, acho que para pegar o dinheiro”, disse à Banda B.

Uma moradora do bairro há 30 anos, que preferiu não ser identificada, explicou que o imóvel existe há 25 anos e a situação tem trazido marginalidade para a região. “Nunca ninguém veio morar aqui. Antigamente cuidavam, mas agora está abandonado e virou mocó. Está bem complicada a situação”, afirmou.

O Corpo de Bombeiros chegou a ser chamado, mas apenas apagou as chamas do corpo da vítima. O perito Silvestre, da Polícia Científica, confirmou que o senhor morreu devido às agressões. “Além de ter muito sangue pela boca e na cabeça, a posição do corpo indica que já estava morto antes de ser queimado”, destacou.

O corpo da vítima foi recolhido ao Instituto Médico Legal de Curitiba. O caso seguirá investigado pela Polícia Civil de Colombo.