Uma briga de família no bairro Abranches, em Curitiba, mobilizou ambulâncias do Serviço Integrado de Atendimento ao Trauma em Emergência (Siate) e a Polícia Militar (PM) na manhã desta quinta-feira (19). Um homem com cerca de 35 anos foi esfaqueado pela cunhada após dar um soco no rosto dela, durante uma discussão. A família confessou que ele é drogado há anos e constantemente chega em casa de maneira violenta.

A família mora na rua Wilson Gomes Ramos e convive com o drama de ter uma pessoa próxima dependente de drogas. A avó do homem, Cecília de Souza Castro, 68 anos, confessou que o neto é dependente e violento. “Ele chega louco em casa quebrando tudo, ele é drogado, sabe? Ele quase derrubou o portão em cima do carro, hoje, estava muito louco, perturbado. É assim muitos dias”, contou à Banda B.

Para a polícia, familiares contaram que a cunhada foi agredida por um soco que atingiu o rosto dela, no momento em que tentava afastar o homem de casa. “Foi a esposa do meu outro neto, a cunhada dele, né? Agora ela disse que ia trabalhar e foi embora”, contou a avó do homem.

A cunhada tem cerca de 30 anos e ainda não tinha sido detida. A família convive com o homem há cerca de três anos, quando a esposa o deixou, justamente, pela dependência das drogas.

O ferido foi encaminhado ao Hospital Cajuru (HC) em estado considerado estável pela equipe de socorristas. Não há informações sobre o estado de saúde da cunhada, também agredida na confusão.