Foto: Colaboração/Banda B

 

Um homem foi preso por falso testemunho, na tarde desta sexta-feira (8), após assumir ser o motorista de um ônibus em acidente que terminou em morte no bairro Hauer, em Curitiba. De acordo com a Polícia Militar (PM), ele alegou que estava sozinho no veículo, mas diante da alegação de testemunhas e câmeras de segurança, acabou detido por mentir aos policiais.

O acidente aconteceu no cruzamento das ruas Roberto Hauer e Bom Jesus do Iguapé. O Serviço Integrado de Atendimento ao Trauma em Emergência (Siate) chegou a ser chamado, mas o motociclista envolvido na batida não resistiu. O caso foi relatado pela Banda B.

Com a chegada do Batalhão de Polícia de Trânsito (BpTran), o homem que assumiu o acidente fez o teste do bafômetro, que deu negativo à presença de álcool. Ele garantiu que estava sozinho no veículo. Contrariando a ele, porém, testemunhas afirmaram que uma mulher estaria no banco do motorista.

Nas câmeras de segurança, um investigador da Polícia Civil percebeu que pelo menos outras três pessoas teriam deixado o ônibus após o acidente. Um policial militar, então, fez o suposto motorista sentar à frente do volante e percebeu um ajuste totalmente inadequado para ele.

Com o flagrante, o suspeito afirmou que a decisão de assumir a direção foi uma “orientação de sua advogada”.

A Delegacia de Delitos de Trânsito (Dedetran) confirmou à Banda B que esteve no local e que passa a investigar o caso.