Um homem foi socorrido, no começo da tarde desta sexta-feira (6), após sofrer vários ferimentos no bairro Uberaba, em Curitiba. A moradores, que chamaram o Corpo de Bombeiros, ele alegou ter sido vítima de um roubo. Policiais militares, porém, acreditam que ele possa ter sido linchado após cometer um roubo.

Local de atendimento do Siate e da PM no Uberaba. Foto: Daniela Sevieri/Banda B

O socorro aconteceu na Rua Rosina Sanson Pereira Pinto. Em entrevista à Banda B, o tenente J. Silva, do 20º Batalhão da PM, revelou que informação inicial é de que o homem foi baleado no local. “No entanto, ao chegar no local, a equipe verificou que a informação não era verdadeira. Nós constatamos que não se tratava de arma de fogo, mas sim agressão física. Então, o suspeito está bastante machucado com alguns ferimentos no crânio e nos braços”, revelou.

Segundo Silva, a vítima alegou que foi assaltada. “Ele falou que os suspeitos do assalto teriam levado o seu celular e seus documentos pessoais também”, comentou o tenente.

O rapaz foi levado de ambulância a um hospital de Curitiba.

Suspeita

No entanto, o tenente também disse que a PM foi acionada três vezes via 190 pelo mesmo motivo ainda na manhã desta sexta-feira: linchamento. Segundo Silva, um suspeito teria sido flagrado tentando realizar um roubo e, com isto, teria apanhado de moradores nas proximidades da mesma ocorrência.

“Nós chegamos em duas viaturas até o local, mas não encontramos as vítimas como o suposto autor deste crime. Porém, recebemos a informação de que este autor teria fugido aqui na região do Rio Belém. A gente patrulhou mas não localizou”, revelou.

Diante dos fatos, o tenente indicou a possibilidade de que a vítima encontrada e atendida pelo Siate seria a mesma pessoa que foi agredida no outro local. Mas, o tenente ressalta. “A gente não tem esta identificação. Portanto, é difícil explicar o que houve aqui e isto se complica porque nós também não temos as vítimas lá. Nós não sabemos se a situação dele é verídica”, concluiu Silva.

A Polícia Civil vai investigar o caso.