Por Luiz Henrique de Oliveira e Antônio Nascimento

Um homem de 31 anos e um adolescente de 16 foram detidos pela Polícia Militar (PM) no final da noite desta quarta-feira (16) depois de uma abordagem no bairro Sítio Cercado, em Curitiba. Eles são acusados de furtar uma residência e ainda serão investigados por extorsão, por se apresentarem na região como filho e neto de um conhecido delegado de Curitiba.

A sargento Márcia, da Polícia Militar (PM), falou sobre o caso à Banda B. “Uma vítima procurou os policiais dizendo que tinham furtado sua casa. Estes dois suspeitos foram abordados e estavam com vários produtos da família. O adolescente foi apreendido e levado à Delegacia do Adolescente, já o Carlos Alberto de Oliveira foi trazido aqui ao Centro de Atendimento Integrado ao Cidadão, o Ciac-Sul”, contou.

De acordo com a sargento, durante o depoimento a vítima contou sobre a extorsão que estaria sendo praticada pelos suspeitos. “Eles andavam com distintivos e adesivos policiais. Por três semanas teriam tentado extorquir esta família, mas como não conseguiram resolveram fazer o furto”, descreveu.

O detalhe que Carlos Alberto, em maio deste ano, já tinha sido detido fingindo ser um policial civil. “Parece que não aprende”, concluiu a sargento, que não disse qual seria o nome do  famoso delegado de Curitiba usado pelos suspeitos.