Por Marina Sequinel

Tânia Mara de Melo, de 51 anos, teria se envolvido em uma briga em um bailão horas antes de ser encontrada morta na madrugada deste domingo (15). Ela era funcionária da prefeitura de Almirante Tamandaré, na região metropolitana de Curitiba, e estava afastada do trabalho para tratar o alcoolismo, segundo informações da Polícia Civil.

funcionariaTânia estava afastada do trabalho para tratamento. (Foto: Arquivo pessoal)

A principal suspeita é de que Tânia tenha sido atropelada propositalmente na Rua João Batista de Siqueira, no Centro da cidade. “No final da noite de sábado ela acabou brigando dentro de um bailão e foi muito agredida. As investigações apontaram que um dos autores das lesões foi um segurança do local. Ele é procurado para prestar esclarecimentos, mas é importante ressaltar que não foi isso que causou a morte dela”, explicou o delegado Nasser Salmen, responsável pelo caso, em entrevista à Banda B nesta segunda-feira (16).

Na sequência, a vítima teria se envolvido em outras confusões no estabelecimento. Por volta da 1h, ela pediu ajuda para uma amiga, dizendo que “uns caras em um Gol estavam atrás dela”. “Vinte, trinta minutos depois, ela apareceu morta. Os indícios mostram que a funcionária foi atropelada de propósito por um carro, que deu a ré e voltou para conferir a vítima. Havia marcas de arrastão no local e o pescoço dela estava quebrado”, completou o delegado.

O modelo do veículo atropelador não foi divulgado pela polícia. Segundo Salmen, após o homicídio, os autores simularam um abuso sexual, rompendo o lacre do sutiã e o cinto da calça de Tânia. “Entre a conversa com a amiga e a morte, não houve tempo para o abuso. Exames do Instituto de Criminalística devem esclarecer essa situação”, disse o Salmen.

De acordo com ele, a funcionária da prefeitura sofria sérios problemas com o alcoolismo. “Ela já tinha envolvimento com a polícia por lesão corporal e desacato. Nós também temos boletins de ocorrência em que ela era vítima”, concluiu.

A Delegacia de Almirante Tamandaré continua a investigar o caso para ligar os autores ao crime.

Notícia relacionada

Funcionária de prefeitura é encontrada morta na Grande Curitiba; há suspeita de abuso