Por Elizangela Jubanski e Djalma Malaquias

Uma casa de madeira foi completamente incendiada na noite deste domingo (16) no Conjunto Atuba, em Pinhais, na região metropolitana de Curitiba. A família conseguiu sair, tentou apagar as chamas, mas o fogo destruiu rapidamente as madeiras. Ninguém se feriu. A mãe teria visto o filho jogando gasolina e ateando fogo na casa. A Polícia Militar (PM) foi acionado e o jovem está preso.

Segundo a família, não houve discussão e, em questão de minutos, Leonai Baldan Santos, 28 anos, jogou gasolina e ateou fogo na casa, que fica na rua Aristides de Oliveira. Ele teria chegado em casa, por volta das 22 horas, completamente revoltado. A mãe, Simone do Rosário da Silva Santos, 53 anos, disse que o filho é alcoólatra e faz uso de drogas. Esta foi a segunda vez que a casa da família é incendiada pelo jovem. “Só deu tempo de sair correndo. A primeira vez ele disse que foi acidental, a gente não viu, mas agora vai saber né?”, disse. Ela e a filha mais nova conseguiram sair da casa e pedir ajuda. O Corpo de Bombeiros foi acionado, mas a destruição foi rápida.

Após a primeira destruição, que aconteceu em uma casa de alvenaria que ficava no fundo do terreno, Simone teve ajuda da vizinhança e de amigos para construir uma peça de madeira, no mesmo terreno. “Foi com muita ajuda que consegui erguer essa pecinha aqui de madeira. Estava cozinhando aqui já, conseguindo as coisas devagar, agora perdi tudo de novo. Tem que perdoar né? É filho”, lamenta a mãe.

A PM foi acionada e Santos foi preso em flagrante. A família pede que o jovem seja internado em uma clínica de reabilitação. “Não vai adiantar simplesmente prenderem. Ele vai voltar, o que ele precisa é se curar. Ele é um risco para mim e para minha mãe”, finaliza a irmã de Santos. Quem quiser ajuda a família com doações, pode ligar no telefone: (41) 9507-3596.