Um casal com o filho de apenas 10 anos e uma outra pessoa não identificada foram surpreendidos por uma tentativa de homicídio, nesta quinta-feira (20), no bairro Sítio Cercado, em Curitiba. Segundo apurado pela reportagem da Banda B, a família fazia um lanche e ao retornar para o carro foram alvos de pelo menos três atiradores que teriam chego a bordo de um veículo Amarok.

De acordo com testemunhas, uma das vítimas, um homem, de 34 anos, chegou a correr do carro e foi perseguido pelos suspeitos, que efetuaram pelo menos dois tiros contra ele. Ele sofreu ferimentos no ombro e no braço, além de uma fratura por conta dos disparos.

A esposa do homem, de 32, levou um tiro de raspão na cabeça. Já o filho do casal, de 10 anos, não foi baleado, mas sofreu ferimentos por conta dos estilhaços dos vidros do veículo.

Vídeo: Brasil Urgente/Band TV

“A criança não foi baleada e o casal esteve consciente durante o atendimento médico. O homem estava com bastante dor, mas conversou com a gente”, descreveu o tenente Fonseca, do 1º Grupamento do Corpo de Bombeiros.

Ao todo, pelo menos 15 tiros foram disparados contra o veículo das vítimas. A reportagem apurou, inclusive, que o alvo seria o homem. Ele teria cometido um homicídio e sido libertado da prisão há pouco tempo.

Polícia Civil

De acordo com a delegada Thatiana Guzella, da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), o casal foi encaminhado ao Hospital do Trabalhador e está fora de perigo. “Neste momento, eles estão passando por cirurgia. Fomos até o hospital e conversamos com médicos e enfermeiros. Eles nos disseram que a mulher, mesmo tendo levado um tiro de raspão na cabeça, chegou falando no hospital”, explicou a delegada.

Não há informações sobre a quarta pessoa que estaria em companhia do casal e da criança.

Guzella ainda afirmou que o carro foi periciado e que o caso será investigado pela 4ª Delegacia de Homicídios.