A família de Isis Vitoria Mizerski Ribeiro, de 17 anos, confirma que percebeu uma mudança de comportamento na adolescente meses antes do desaparecimento ocorrido em Tibagi, na Região dos Campos Gerais. O tio dela, Rodrigo Mizerski, também disse não acreditar que o vigilante Marcos Vagner de Souza, que está preso por suspeita no sumiço, tenha agido sozinho.

isis
Reprodução

Em entrevista coletiva, concedida na manhã desta quinta-feira (27), Rodrigo disse que apenas duas pessoas da família sabiam do relacionamento dela com o vigilante, mas após o desaparecimento toda a ação dele se tornou muito estranha.

“O que a gente quer saber agora é quem o ajudou, porque não acreditamos que ele fez isso sozinho. Desde o início, foram várias as contradições. Ele primeiro negou para mim que a conhecia, depois disse que não a vi há algum tempo, para no fim contar que haviam saído. Após isso, passou a recusar minhas ligações”, explicou.

Outro temor da família é o fato de Souza ter um histórico de rondas no interior do município, o que faz com que ele tenha grande conhecimento de áreas afastadas do município.

Desaparecimento de Isis

Isis desapareceu no dia 6 de junho. A Polícia Civil informou que segue investigando o caso e realizando todas as diligências cabíveis a fim de localizar a vítima e esclarecer os fatos. Também aguarda a extração de dados dos celulares que auxiliarão no andamento das investigações.

“Testemunhas confirmaram durante oitivas que o suspeito, antes do desaparecimento, estaria procurando adquirir remédio abortivo. Além disso, a Polícia Civil constatou que a última localização do celular do suspeito é mesma notificada pelo celular da vítima”, diz a corporação em nota.

As buscas pela adolescente continuam. Na segunda-feira, a expectativa é pela entrada da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) e do Tático Integrado de Grupos de Repressão Especial (Tigre) no caso.

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

Família percebeu que Isis mudou comportamento antes de sumir e não acredita que suspeito agiu sozinho

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.