A família de um jovem de 27 anos, que estava desaparecido desde esta quinta-feira (1), se desesperou ao se deparar com o corpo dele em uma área de mato, no bairro Uberaba, em Curitiba, na manhã desta sexta-feira (2). Leandro da Silva Catarina tinha sinais de espancamento quando foi localizado na Rua Lindomar Wenceslau Vieira, na Vila Icaraí. Segundo a polícia, ele foi morto com pelo menos oito golpes de faca.

Local onde foi localizado o corpo na Vila Icaraí – Foto Banda B

O corpo de Leandro estava abandonado no mato. A Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) foi até o local e confirmou que a vítima foi morta a facadas. Segundo o delegado Osmar Feijó, da DHPP, ele tinha antecedentes criminais,

“A vitima já tinha passagem pleo sistema prisional, com três mandados de prisão por roubo. Provavelmente, estava usando drogas com alguém neste local e pode ter havido um desentendimento. Ele morreu com oito a dez golpes de faca. Vamos investigar quem estava com ele, se houve discussão ou se seria o cumprimento de uma ordem de execução vinda de dentro do sistema prisional”, explicou o delegado. Feijó também disse que já circula um apelido do suposto autor do crime. “temos este apelido, mas não vamos revelar para não atrapalhar as investigações”, completou.

Vizinhos foram ouvidos, mas ninguém disse ter ouvido ou visto algo que leve ao responsável pelo crime.

Familiares  de Leandro chegaram ao local do corpo e se desesperaram com a cena. Uma cunhada disse que ninguém sabia dele desde ontem. “Estávamos preocupados porque não sabíamos do Leandro desde ontem. Daí começou um boato de que tinham matado alguém e corremos aqui. meu Deus, que tristeza… ele estava envolvido com droga, mas a gente pensava que tinha saído dessa vida”, lamentou a cunhada.

O corpo foi recolhido para o IML e a DHPP assumiu a investigação.