Por Denise Mello

O gerente da loja Daju do bairro Rebouças foi rendidos junto com a família na noite desta quarta-feira (9) e ficou nas mãos de bandidos durante toda a madrugada. O homem foi obrigado a seguir com os ladrões até a loja e abrir o cofre com aproximadamente R$ 100 mil, enquanto a família permanecia rendida.

Nesta manhã, policiais militares fazem buscas em toda a região atrás dos bandidos. O gerente teria ficado em pânico, com medo do que os bandidos poderiam fazer com a mulher e os três filhos que ficaram na casa enquanto o assalto à loja acontecia. Segundo a PM, ele foi rendido por seis pessoas amaradas.

Um carro que teria sido usado pelos assaltantes foi abandonado no bairro Água Verde. De acordo com a Comandante de Policiamento da Unidade (CPU) do dia, tenente Luiza Burda Bodanese, ao sair da loja, na noite de ontem, o gerente foi seguido até a residência dele onde cerca de seis homens armados teriam rendido sua família. “Os suspeitos passaram a noite na casa e mantiveram todos de reféns até por volta das 7h, quando dois deles permaneceram no local e o restante foi com o gerente, em um carro Onix, na cor branca, pertencente a vítima, até o estabelecimento comercial”, contou.

Atualização

No fina da tarde, a Polícia Militar informou que apreendeu uma arma de fogo e um veículo, além de 15 aparelhos celulares após o roubo da loja.
Minutos após o crime, equipes iniciaram buscas na região e, por meio do rastreamento dos aparelhos celulares dos funcionários, policiais militares do Bope localizaram os telefones dentro de um veículo Golf, na cor prata. Dentro do automóvel, além dos 15 celulares, também foi encontrado uma pistola .40, com numeração suprimida.