INVESTIGAÇÃO DA POLÍCIA CIVIL DE IPIRANGA LEVOU À PRISÃO EX-VEREADOR DA CIDADE/ARQUIVO AREDE

A Polícia Civil de Ipiranga (região dos Campos Gerais) prendeu nesta terça-feira (5) um ex-vereador suspeito de aplicar golpes em aposentados e moradores de área rurais do município. A investigação comandada pelo delegado Guilherme Luiz Dias apontou que o ex-parlamentar atuava de diversas formas, mas normalmente ficava com o dinheiro dos benefícios que deveriam ir para o aposentado.

Proprietário de um escritório na cidade, “ele atuaria mais ou menos como um despachante”, explica a autoridade policial. “Ele pegava a papelada da aposentadoria e, em alguns casos, ficava com o dinheiro do benefício, dos atrasados, ou com os valores que a pessoa tinha direito de receber desde o ajuizamento da ação, ele ficava com esse valor quando deveria passar ao aposentado”, esclarece Dias.

O suspeito também tinha outras formas de agir “para enganar pessoas mais humildes, mais carentes, que não têm conhecimento acerca de todos seus direitos”, conforme afirma o delegado. Em algumas situações, ele não chegava nem a dar entrada nos processos de aposentadoria e retinha os documentos dos possíveis beneficiários. Ainda segundo Dias, ele já tem outras condenações e é investigado em outros processos.

“Ele tem muita lábia para convencer as pessoas para conseguir aplicar o golpe”, esclarece o delegado. Ele teve o mandado de prisão preventiva expedido pela Justiça – isso significa que ele deve permanecer preso até o julgamento do caso, mas os advogados do ex-parlamentar devem ingressar ainda nesta semana com um pedido de revogação da prisão preventiva.

Todos os crimes apurados pela Polícia Civil foram registrados em Ipiranga, segundo o delegado, mas as investigações do caso continuam e pessoas que reconheçam o modus operandi do ex-vereador podem procurar as autoridades para fazer a denúncia. O telefone da delegacia de Ipiranga é o (42) 3242-1282.

Mais informações da região dos Campos Gerais, clique aqui