Ex-vereador está sendo investigado há cerca de um mês. Foto: Banda B

 

O Núcleo de Proteção a Criança e ao Adolescente Vítimas de Crimes (Nucria) investiga há mais de um mês uma denúncia grave envolvendo um ex-vereador de Curitiba. Ele está sendo acusado de abusar sexualmente da enteada desde os oito anos de idade da menina, hoje com 15 anos. O Boletim de Ocorrência (B.O) feito pela mãe dela revela que as relações sexuais começaram quando ela completou 13 anos.

O caso está nos inquéritos policiais desde a metade do mês de julho, quando a mãe descobriu e foi até a delegacia prestar queixa da atitude do marido. O registro está datado em 17 de julho às 10h51 e apenas agora o caso chegou até a imprensa. Segundo o documento, a mãe descobriu que os abusos aconteciam desde que a menina tinha oito anos de idade e que somente depois dos treze o padastro iniciou relações sexuais aos atos libidinosos.

Nota

A Polícia Civil divulgou uma nota à imprensa afirmando que o caso está sendo investigado e corre em segredo de Justiça, por isso não haverá detalhes. O nome do ex-vereador não será publicado para preservar a identidade da adolescente.