Por Elizangela Jubanski e Antônio Nascimento

Um verdadeiro camaleão. Um homem foi preso pela Polícia Militar na noite deste domingo (17) no bairro Uberaba, em Curitiba, com três documentos de identidade diferentes. A denúncia partiu da própria esposa depois de uma discussão entre eles. A acusação é que ele tenha registrado a filha com uma identidade, comprado um veículo com outra e aberto uma empresa de empréstimo consignado com uma terceira identidade. Ele foi autuado em flagrante com uma dessas identidades, que a polícia acredita ser a oficial.

O suspeito estava dentro de um veículo Fox quando foi abordado na rua Lalo Ferreira. Já com a informação de que o homem estava agindo com falsidade ideológica, policiais encontraram diversas provas de que a esposa não agiu apenas na raiva.

Dentro do carro encontraram vários chips de celular, cartões de crédito com nomes variados, talões de cheques, Rgs com nomes diferentes, mas todas a foto do suspeito. Também a polícia encontrou talões de luz, o documento do veículo e a quantia de R$ 1.334, que ele usou para tentar subornar os policiais durante a abordagem.

Segundo a polícia, o suspeito tem uma empresa de empréstimos a servidores públicos e aposentados há 14 anos. Paralelo a isso, de acordo com a ocorrência, ele fornecia comprovante de rendimentos para aqueles que não tinham como comprovar. A cobrança pelo serviço era a porcentagem de terço do valor do empréstimo.

O suspeito foi encaminhado ao Centro Integrado de Atendimento ao Cidadão (Ciac-Sul) de vai responder por corrupção ativa e estelionato. Outros crimes que ele praticava também serão averiguados.