Uma estação-tubo do bairro São Francisco, em Curitiba, foi depredada durante uma briga de torcidas ocorrida na noite desta terça-feira (13). De acordo com a Urbanização de Curitiba (Urbs), o incidente aconteceu na estação Praça da Bandeira, na Rua José Luiz Demeterco, cerca de meia hora antes de Coritiba e Brasil de Pelotas, partida que foi disputada no Estádio Couto Pereira.

Reprodução Google Street View

Segundo o levantamento da Urbs, os danos aconteceram no pedestal do validador de cartão transporte, na porta de acesso para isentos e em um dos vidros curvos.

“O conserto está sendo providenciado pela Urbs, responsável pela gestão do sistema de transporte coletivo da capital, e custará só com a compra dos materiais de reposição R$ 1.209,34. Ao custo deve ser somado a mão de obra”, informou a administração municipal.

A Guarda Municipal chegou a ser chamada para o local da confusão, mas ninguém foi preso. A Banda B entrou em contato com a Delegacia Móvel de Atendimento a Futebol e Eventos (Demafe), mas foi informada que nenhum boletim foi registrado no local.

Mais vandalismo

Atos de vandalismo também ocorreram nos terminais Fazendinha e Portão, onde portas internas dos banheiros foram quebradas. Houve, ainda, um registro de confusão no Terminal Santa Felicidade, mas sem danos materiais. Nesses três casos não há confirmação do envolvimento de torcedores.

A Guarda Municipal de Curitiba foi acionada e atendeu a todos os chamados relacionados a vandalismo contra o sistema de transporte coletivo na noite de terça-feira. A responsabilidade pelos atos está sendo apurada.