A Polícia Civil de Cascavel, por meio do setor de estelionato, desenvolveu na última semana uma ação de combate a crimes contra o consumidor. Foram realizadas buscas em três lojas de uma empresa localizada no bairro Parque São Paulo, sendo apreendidas em torno de 750 unidades de cervejas especiais e outras bebidas de marcas diversas, avaliadas em cerca de R$15 mil por serem produtos de maior valor comercial. O proprietário da rede de lojas, de 41 anos, foi preso em flagrante suspeito por vender mercadorias impróprias para consumo.

A polícia iniciou as investigações após receber denúncias anônimas de compradores do estabelecimento que tiveram algum tipo de mal estar atribuído ao consumo das bebidas. As vítimas constataram os prazos de validade vencidos ou suprimidos nos rótulos.

Em seguida, as equipes do setor de estelionato passaram a monitorar as lojas deste estabelecimento comercial e confirmadas as denúncias, os mandados de busca e apreensão foram expedidos. “O esquema deles era expor à venda nas lojas os produtos com data de validade suprimida por raspagem ou uso de produtos químicos. Caso algum cliente percebesse o prazo de validade vencido ou suprimido trocava-se aquela unidade e o procedimento delituoso continuava”, revela o delegado responsável pela investigação, Rodrigo Baptista dos Santos.

Funcionários também foram encaminhados à delegacia, ouvidos e liberados. O proprietário, que não possui passagens pela polícia, permanece no setor de carceragem do Departamento Penitenciário (Depen) à disposição da Justiça.

O delegado ressalta ainda que mais ações serão realizadas a fim de combater crimes desta natureza. “Este tipo de ação corretiva e preventiva será desenvolvido rotineiramente pelo setor de estelionato e outros estabelecimentos poderão ser visitados, ficando o alerta aos comerciantes que transgridem a Lei. A Policia Civil está vigilante”, conclui.