(Foto: Reprodução)

Um crime bárbaro aconteceu na manhã deste sábado (23) em Maringá. Maria Aparecida Canelossi Pacífico, esposa de José Carlos Pacífico, assessor do vereador Homero Marchese (Pros), foi encontrada morta dentro de casa, na Zona 5. A professora Kaká, como era conhecida, foi morta à pauladas.

A Polícia Civil trabalha com a hipótese de latrocínio, roubo seguido de morte. Dentro de casa foram encontrados pratos usados pelos suspeitos para se alimentar, além de várias digitais. Segundo informações, a família costumava ajudar moradores de rua, inclusive realizando ações como distribuição de sopa. A Polícia não descarta que o crime tenha sido cometido por pessoas que a família ajudava.

Para ler a matéria completa no Diário de Maringá clique aqui.