Por Luiz Henrique de Oliveira

Um engenheira de 25 anos, moradora no bairro Xaxim, em Curitiba, foi perseguida por um tarado em uma motocicleta após sair da academia, por volta das 16h50 desta quarta-feira (12). A perseguição começou na Rua Gabriel Mirada e terminou na Leôncio Derosso, que fica a oito quadras. Neste local, o motociclista passou a mão na bunda da vítima e fugiu, depois de perceber que pessoas haviam testemunhado a ação.

Em entrevista à Banda B, a engenheira lamentou ter passado por situação tão constrangedora. “Eu saía da academia e comecei a reparar que o motociclista estava parado, sem capacete, com cavanhaque e era meio gordinho. Quando percebi que estava sendo perseguida, fiquei desesperada, até quando ele chegou perto e colocou a mão na minha bunda”, disse.

A engenheira chamou a atenção das autoridades para a presença de um colégio nas proximidades. “Ali tem muitas estudantes e não percebo a presença de policiamento. É importante que se aumente o patrulhamento nesta região. Hoje mesmo, devo fazer um Boletim de Ocorrência sobre isso”, descreveu.

Denúncias sobre o tarado, que usa capacete preto e uma motocicleta da mesma cor, podem ser passadas via 190 da Polícia Militar (PM) para que seja feito um patrulhamento na região.