Por Elizangela Jubanski e Daniela Sevieri

Cinco pessoas da mesma família foram baleadas dentro de casa em uma ação bastante violenta na noite desta terça-feira (7), no bairro Pinheirinho, em Curitiba. Três pessoas morreram na hora, uma mulher e dois homens, e duas – uma criança e uma gestante – estão entre as baleadas. Não há informação oficial sobre identificação das vítimas, por ora. A Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) está no local.

O crime aconteceu por volta das 20h30 dentro da casa da família, na rua Carlópolis, quase esquina com a Londrina. Segundo informações apuradas no local com o Corpo de Bombeiros que fez o primeiro atendimento no local, um grupo encapuzado invadiu a residência e atirou primeiramente em um homem que estava do lado de fora da casa, no quintal. Esse, com cerca de 35 anos, é uma das vítimas fatais. “Depois, pelo que levantamos, eles atiraram no peito, no coração, de um senhor, que tem cerca de 50 anos. Mas, o alvo parecia mesmo uma jovem com cerca de 25 anos que, provavelmente, tentou correr, mas levou diversos tiros”, descreveu o tenente Fonseca, oficial do 1º Grupamento, em entrevista à Banda B.

Além dos três mortos no local, duas pessoas foram baleadas – uma criança de 11 anos e uma jovem de 18, grávida de 22 semanas. “A criança foi ferida na pelve e a outra na perna, grávida. Estão conscientes, orientadas, foram socorridas ao hospital. A criança de 11 seria filha da jovem que morreu”, concluiu o tenente.

Clientes de uma lanchoente, em frente a casa, disseram ter ouvido os disparos, mas não conseguiram ver como os atiradores fugiram. Eles também não souberam informar sobre a rotina da família. A DHPP está no local fazendo os primeiros levantamentos. Os corpos serão recolhidos e identificados pelo Instituto Médico Legal (IML) de Curitiba, por meio de papilocopistas do Instituto de Identificação.