Dois homicídios que podem estar relacionados ao uso de drogas aconteceram em Curitiba, em um intervalo de menos de 24 horas, nesta quarta-feira.

O primeiro caso aconteceu no bairro Campo do Santana, ainda durante a madrugada, mas o assassinato só veio a tona no decorrer do dia, com o acionamento da Divisão de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP). O crime aconteceu em uma casa na Travessa Antonio Dal Lago, quando um grupo de pessoas consumia drogas e bebidas alcoólicas.

De acordo com o delegado da DHPP, Cassio Conceição, um dos homens que estava na casa, sem motivo aparente, atirou em outro. “Estavam nesta casa com os colegas e um dos rapazes simplesmente levantou e atirou contra este rapaz, chamado de Cigano”, descreveu à Banda B.

O dono da casa procurou a polícia apenas depois que o dia amanheceu. O corpo da vítima, que não tem identificação, foi recolhido no começo da noite desta quarta-feira, depois que a DHPP e a Criminalística foram acionadas para o local.

Outro crime

Crime no Sitio Cercado (Foto: Daniela Sevieri – Banda B)

Na noite desta quarta-feira, um jovem morreu apedrejado em um ponto já conhecido por ser reduto de usuários de drogas. O corpo dele foi encontrado no final da rua Coronel Victor Agner Kendrick, no bairro Sítio Cercado, sem identificação.

O tenente Jesus, do 13º Batalhão da Polícia Militar, afirmou que a equipe policial foi acionada via 190. “Recebemos a ligação de que havia um rapaz embaixo de uma ponte, já morto. Ao que parece, foi executado com pedradas e aparenta ser bem jovem”, destacou.

Os corpos foram recolhidos ao Instituto Médico Legal de Curitiba (IML).