O dono de uma das lanchonetes mais tradicionais de cachorro-quente de Curitiba, Antônio Gregório de Almeida, 62 anos, morreu após uma discussão com um motoboy, na noite deste domingo (19). A confusão aconteceu dentro da lanchonete, que fica na Avenida Senador Salgado Filho, no Uberaba, em Curitiba. O motoboy saiu do local.

dono-esquina-hot-dog-morre-empurrao-motoboy
Foto: Banda B.

Conforme apurou a reportagem, era por volta das 21h quando Antônio, o dono da lanchonete, acabou discutindo com um dos motoboys. Nessa discussão, o rapaz teria dado um empurrão no homem, que bateu a cabeça e morreu.

“Quando chegamos ao local, foram averiguados que ele teve uma discussão com um funcionário dele, que seria um motoboy que trabalhava no estabelecimento. Nessa discussão, o motoboy teria empurrado ele, e ele teria, na queda, batido a cabeça e veio a óbito em razão disso, com traumatismo craniano”

disse a tenente Félix, do 20º Batalhão da Polícia Militar (BPM). 

O Samu chegou a ser acionado, mas o idoso não resistiu. O motoboy, por orientação até mesmo da esposa de Antônio, foi embora do local.

“Seria um funcionário mesmo do estabelecimento, estaria de serviço hoje realizando entregas, porém o proprietário foi conversar com ele sobre algum dilema de troco entre eles, não sabemos ao certo o teor, mas acabaram discutindo, e nessa discussão resultou no empurrão. A esposa do homem que morreu disse que falou para o motoboy ir embora porque se não os filhos dele iriam partir para cima do motoboy, que foi embora e ainda não foi localizado”

detalhou a tenente da PM.

Antônio era dono da lanchonete, a Esquina Dog, que fica na esquina da Salgado Filho com a Rua Rodolfo Bernardelli, desde 1999. A Polícia Civil investiga a situação e procura pelo motoboy, que deve responder pelo crime.

dono-esquina-hot-dog-morre-empurrao-motoboy-2
Foto: Banda B.

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

Dono de tradicional lanchonete de cachorro-quente do Uberaba morre após discussão e empurrão de motoboy

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.