Jovem andava de tornozeleira eletrônica. Foto: FB/Banda B

 

Um jovem de 20 anos foi morto com pelo menos sete tiros, na Vila Torres, em Curitiba, na noite desta sexta-feira (13). Rickson Gabriel Rodrigues Celestino estava na rua, caminhando com outras pessoas, ao lado da trincheira da Rua Chile, quando foi atingido. Celestino tinha várias passagens pela polícia por tráfico de drogas e também por receptação. Ele estava em liberdade monitorada por tornozeleira eletrônica.

Segundo o tenente Carassai, não há informações sobre a motivação e os autores do crime. “A viatura do Siate chegou quase junto com a gente e não deu tempo. A princípio, foi usado calibre 9 milímetros, mas foram diversos disparos pelo corpo. Por enquanto, nos contaram poucas coisas, mesmo que a vítima more aqui”, contou à Banda B. A DHPP ficará responsável pelo crime.

Homem morreu no meio da rua. Foto: Ernani Ogata/Colaboração

RMC

Já na região metropolitana de Curitiba, em Campina Grande do Sul, outro assassinato foi registrado em poucos minutos. Um homem de aproximadamente 35 anos também foi morto a tiros. O crime aconteceu na rua Candido Ruzenente. O bombeiro civil comunitário Luvizoto prestou o primeiro atendimento à vítima.

“Quando a gente chegou vimos que ele tinha ferimentos no rosto, tórax, cabeça. Tentamos reanimá-lo, mas sem sucesso. O pessoal ali não diz muita coisa, não”, descreveu. De acordo com testemunhas, o homem foi o morto por um atirador que passou de motocicleta. Esse crime será investigado pela Delegacia de Campina Grande do Sul.