Delegado Denis Zortea Merino

No mês de abril deste ano, a Polícia Civil de Medianeira instaurou um inquérito para investigar a morte suspeita de uma dentista, que foi encontrada morta, deitada na cama em seu apartamento.

Dadas as circunstâncias do suposto suicídio da dentista Noeli Spancerski, de 42 anos, e após a perícia realizada no local, e com o resultado dos laudos da causa da morte à que a Polícia Civil teve acesso, o caso passou a ser tratado como um possível crime de feminicídio.

O Delegado Denis Zortea Merino falou sobre o andamento do caso e as investigações.

Segundo ele, após as informações e provas colhidas no local, há indícios de que Noeli tenha sido colocada na cama. A Polícia Civil já tem um suspeito de ter praticado o crime e também da participação de uma terceira pessoa.

O delegado enfatiza que as hipóteses levantadas estão ainda associando informações para que o caso seja esclarecido e que muitas informações não podem ainda ser repassadas para não influenciar nas investigações.

Com informações do Guia Medianeira