Bruno de Jesus Inácio, de 30 anos, foi executado por dois homens dentro da própria casa, na noite deste sábado (25) por volta das 20h30 na rua Vitorino Polli, no Alto Maracanã, em Colombo, na Região Metropolitana de Curitiba. Os criminosos invadiram a residência e dispararam oito vezes contra a cabeça da vítima.

Foto: Josinel dos Santos

Os suspeitos vestiam camisetas pretas, parecidas com a da Polícia Civil do Paraná. O tenente Rueda, do 22.º Batalhão da Polícia Militar, conta que familiares de Bruno foram obrigados a ficar ajoelhados. “A família passou pra gente que dois indivíduos encapuzados entraram dentro da residência, entraram em um dos quartos, pediram pra todos se ajoelharem e executaram a vítima”, revelou o tenente.

Ainda de acordo com Rueda, a vítima já tinha sido presa anteriormente. “É um cidadão de 30 anos, com passagens. Ainda estamos averiguando quais passagens são essas e vamos repassar para a Polícia Civil investigar a situação”, concluiu.

Para a polícia, tudo indica que o motivo da execução foi um acerto de contas. Bruno saiu da cadeia há pouco tempo após ser preso acusado de tráfico de drogas.

A Delegacia do Alto Maracanã investiga o caso.