Um homem de 27 anos, identificado como Wellington Natan Pedroso dos Santos, morreu em confronto com uma equipe do Batalhão de Rondas Ostensivas de Natureza Especial (BPRone) da Polícia Militar, na madrugada desta quarta-feira (26), em Almirante Tamandaré, na Região Metropolitana de Curitiba. O caso aconteceu na rua Leonardo Kleina, no bairro Bonfim.

morre confronto tamandaré
Foto: Equipe Banda B

De acordo com o tenente William Ubida, o jovem seria um criminoso de “alta periculosidade” que era procurado pelo serviço de inteligência da PM. Ele teria um mandado de prisão em aberto por homicídio.

“Foi um árduo trabalho das equipes de inteligência na tentativa de localização de um indivíduo com mandado de prisão por homicídio. Um homem de alta periculosidade, inclusive populares das imediações já haviam comentado sobre ele causando transtornos nas redondezas. Esse indivíduo com outras passagens policiais, inclusive receptação de veículo roubado e um boletim de ocorrência de fuga no ano passado de equipes de rádio patrulha, tentaram sua abordagem e ele teria abandonado o carro em movimento”, disse à Banda B.

Segundo o tenente, assim que os policiais se aproximaram do suspeito, ele fugiu e tentou se esconder em casas de vizinhos.

“Dado a periculosidade do indivíduo, foi feita a progressão nessa vila para tentar localizar ele. As equipes notaram a sua movimentação por um beco. Foi tentada a abordagem e ele conseguiu empreender fuga, acessou a parte superior de algumas edificações e, para salvaguardar a vida terceiros, foi logrado êxito em localizar o imóvel que ele havia se exilado. A equipe tentou a abordagem e ele revidou com disparos. Então, foi necessário os disparos de reação para salvaguardar a vida dos policiais”, afirmou Ubida.

No local, a família de Wellington estava bastante revoltada e contestou a ação policial. Eles tentaram se aproximar do local, mas a área havia sido isolada pela polícia.

“Cabe ressaltar que toda situação de confronto é fundamental o isolamento até para o bom trabalho das equipes de perícia e instrução de procedimentos administrativos posteriores. Então, é de fundamental cuidado das equipes policiais que seja providenciado um bom isolamento para que não tenha nenhuma adulteração no local da ocorrência”, explicou o tenente.

Equipes de socorro foram acionadas, mas o jovem não resistiu. O corpo foi recolhido pelo Instituto Médico Legal.

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

Criminoso de “alta periculosidade” morre em confronto em Almirante Tamandaré; família contesta ação policial

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.