Por Luiz Henrique de Oliveira e Antônio Nascimento

A criança um ano e onze meses, agredida pelo padrasto em Ponta Grossa, nos Campos Gerais, morreu nesta segunda-feira (28) no Hospital do Trabalhador (HT), em Curitiba.

Detalhe no caso é que a Maria Eduarda Flora completaria dois anos justamente nesta terça-feira (29), quando será enterrada. Maria Eduarda sofreu uma perfuração no esôfago e não resistiu aos ferimentos. Ela ficou por semanas internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do HT.

O acusado do crime foi preso no início deste mês. Ele mantinha uma relação com a mãe da menina há quatro meses.

Notícia Relacionada:

Criança de um ano é internada em estado grave em Curitiba após ser agredida por padrasto