Moradores do Jardim Guarituba, em Piraquara, na Região Metropolitana de Curitiba (RMC), viveram cenas assustadoras nesta quinta-feira (27). Pela manhã, um crânio humano foi encontrado dentro de uma sacola em uma praça próxima à rua Herbert Trapp. Já durante a tarde, outro crânio foi deixado na mesma praça na cidade. As primeiras informações divulgadas pela Polícia Militar (PM) apontam que estes casos estão relacionados a dois relatos de vandalismo em túmulos de um cemitério na região que foram registrados recentemente.

À Banda B, o sargento Josimar, do Batalhão de Polícia de Guarda (BPGd), deu mais detalhes sobre o primeiro achado. “Foi uma denúncia anônima. No local, encontramos um crânio humano em uma sacola. A cabeça ainda tinha cabelo, então deduzimos que o crime seja recente, embora tenhamos que esperar uma análise mais profunda dos peritos”, comentou.

 

Foto: Colaboração

Já na tarde desta quinta-feira (27), os policiais atenderam outra ocorrência que denunciava a presença de outro crânio no mesmo local. Ainda segundo o sargento Josimar, recentemente, boletins de ocorrência (BO) foram registrados na polícia relatando atos de violação em túmulos em um cemitério da cidade.

“Os peritos vão fazer a análise do crânio. Porém, é a Polícia Civil que irá estabelecer a linha de investigação para saber qual é a ligação destes achados com os casos no cemitério”, pontuou.

Possibilidade

Segundo o sargento, a pessoa que fez isto realmente teve a intenção de que o ato fosse descoberto. De acordo com o sargento, a hipótese de que o caso esteja relacionado com o crime organizado não está descartada. “Vamos aguardar as investigações para saber se há algo relacionado ao crime organizado ou se é mais um crime na região. Eu acredito que teremos uma resposta da Polícia Civil nas próximas horas”, concluiu Josimar.

Investigações

Os crânios foram encaminhados ao Instituto Médico Legal (IML) de Curitiba. A Delegacia de Piraquara investiga o caso.