Um procedimento administrativo foi aberto para apurar as agressões de um policial civil contra um vigilante no bairro Ahú, em Curitiba. As imagens, que foram gravadas por moradores da região, mostram o momento em que a vítima é atingida por socos e chutes na Avenida Anita Garibaldi. A confusão aconteceu no último sábado (14) e teria ocorrido após uma briga de trânsito.

Em entrevista à Banda B, um morador descreveu que foi uma ação bastante truculenta. “Esse policial desceu do carro de maneira brusca e, bastante alterado, fez isso aí. Diante de tudo, o vigilante saiu correndo”, disse.

O vigilante agredido optou por não se manifestar sobre o caso.

Em nota, a Polícia Civil informou que instaurou inquérito policial e procedimento administrativo para investigar a conduta do servidor. “A Polícia Civil não coaduna com desvios e os apura de acordo com a legislação”, disse.

Confira o vídeo:

Agressividade no trânsito

Para o psicólogo e especialista em trânsito, Hugo Nascimento Rezende, o trânsito pode muito expressar questões da sociedade. “Eu vejo que as pessoas podem estar com um pavio mais curto, o problema é que se a pessoa já está com um estresse, o trânsito potencializa essa condição”, explicou.

Rezende acredita que as pessoas precisam ter consciência e evitem confrontos. “É importante que a pessoa pense que a vida está em primeiro lugar, que tanta gente gosta dela, para assim a gente não faça com o outro o que esperamos que não aconteça conosco”, concluiu.