Por Marina Sequinel e Geovane Barreiro

O corpo do pequeno Erick Pereira, de dois anos, foi encontrado próximo do carro da família em Rio Branco do Sul, na região metropolitana de Curitiba, na tarde desta terça-feira (17). Segundo a Polícia Civil, a criança foi morta por asfixia próximo do carro da família. Inicialmente, a informação era de que ela teria levado dois tiros, o que foi negado posteriormente.

desaparecidoriobranco1Erick desapareceu no último domingo. (Foto: Arquivo pessoal)

Durante a manhã, o pai da vítima, Daniel Pereira, foi levado até o local da ocorrência para ver se lembrava de mais detalhes. Com o ‘passo a passo’, a polícia localizou o pequeno próximo ao carro da família, um Corsa prata. Ainda não há informações sobre o lugar exato onde o automóvel estava.

O pequeno Erick desapareceu na manhã do último domingo (15) enquanto visitava uma lagoa da cidade em companhia do pai. Ontem, Daniel deu entrada em uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) com alguns ferimentos, sem o filho. Na ocasião, ele disse para a polícia que a criança tinha sido assassinada por bandidos durante um sequestro.

Hoje, no entanto, ele declarou que não tinha certeza se os criminosos atiraram na criança. Ele contou que mostrava o lago para Erick quando bandidos, em uma caminhonete branca, teriam dado voz de assalto e, em seguida, os levado em sequestro.

Daniel disse, ainda, que o menino chorou e o rapaz que estava com o revólver ameaçou atirar. Em seguida, o pai teria sido jogado para fora e os criminosos levado o carro com a criança. Ele afirmou que não sabia se os criminosos de fato atiraram contra Erick.

O corpo do pequeno deve ser encaminhado ao Instituto Médico Legal e a delegacia da cidade segue com as investigações do caso.