Da PC

Uma carga de cigarros contrabandeados do Paraguai foi apreendida e recuperada pelo Centro de Operações Policiais Especiais (Cope), na tarde da última quinta-feira (20), em uma chácara localizada no bairro Campo de Santana, em Araucária, Região Metropolitana de Curitiba (RMC). Aproximadamente 1.350 caixas de cigarros foram apreendidos pela polícia e uma pessoa foi presa.

As investigações iniciaram, depois que Cope recebeu informações de que pessoas se passando por policiais, teriam roubado uma carga de cigarros na madrugada de quinta-feira (20), na BR- 476, em Araucária (RMC).

3(Foto: Divulgação Polícia Civil)

Diante dessas informações, as diligências iniciaram, resultando na localização do caminhão no bairro Cidade Industrial (CIC), em Curitiba. Seguindo as investigações, obtidas durante a apreensão do veículo, o Cope conseguiu localizar a carga roubada escondida em uma chácara no bairro Campo de Santana.

O dono da chácara, Luciano Paes Goularte, 42 anos, que guardava a mercadoria para os ladrões, foi preso pela polícia. De acordo com investigações, Goularte recebeu o valor de R$ 1 mil para esconder a carreta em sua propriedade.

Segundo o delegado-titular do Cope, Rodrigo Brown, no interior da carreta a polícia encontrou 1.350 caixas de cigarro com 50 pacotes de 10 maços, totalizando 675 mil maços. Um prejuízo que chega a 2 milhões de reais para a quadrilha. “Agora as investigações prosseguem para identificar quem são esses ladrões que se passam por policiais”, comenta Brown.

A carga de cigarros e o caminhão serão encaminhados para a Polícia Federal, onde o motorista vítima do roubo responderá pelo crime de contrabando.