Depois de receber uma denúncia de vizinhos, o Conselho Tutelar encontrou uma criança de apenas 2 anos vivendo em uma casa com condições insalubres no Jardim Quebec, em Maringá, no começo da tarde desta quinta-feira, 12.

Foto: Divulgação/ Conselho Tutelar

Segundo o conselheiro tutelar Carlos Bonfim, a mãe, de 28 anos, é usuária de drogas e já teve outros dois filhos encaminhados para adoção por conta da falta de cuidados. “Local estava totalmente insalubre, inabitável. Um cheiro ruim. A criança estava em situação de risco”, afirmou.

A mulher aceitou ajuda psiquiátrica e foi encaminhada pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência
(Samu). A menina foi levada para o abrigo municipal e posteriormente deve ser encaminhada para adoção.

O bisavô da criança também morava no imóvel e foi levado para a casa de outro neto. Ainda segundo o Conselho Tutelar, havia resquícios de drogas no imóvel e o namorado da mulher fugiu ao ver o órgão chegando junto com a Guarda Municipal.

As informações são do Portal GMC Online.