Por Marina Sequinel e Daniela Sevieri

(Fotos: Daniela Sevieri – Banda B)

O Conselho Comunitário de Segurança (Conseg) do bairro Umbará, em Curitiba, se reuniu na noite desta quinta-feira (2) para falar sobre o aumento de assaltos na região e orientar as vítimas a registrar as ocorrências. Segundo os representantes do Conseg, a falta de denúncias sobre os crimes prejudica as estatísticas para a atuação da Polícia Militar (PM).

“O problema é que o Umbará é tido como um bairro relativamente tranquilo para a segurança pública, justamente porque as pessoas não comunicam a polícia”, comentou Álvaro Cavichiolo, presidente do Conselho, em entrevista à Banda B.

Segundo ele, os moradores sofrem com assaltos em casas, comércios e até na saída de escolas. “Muitas lojas já fecharam as portas por causa disso e os estudantes estão com medo de passar pelos arredores dos colégios. Nós precisamos que as vítimas denunciem qualquer tipo de crime, seja roubos ou furtos, para auxiliar o trabalho da polícia”, completou o presidente.

As reuniões do Conseg, que existe desde 2006, acontecem todas as quintas-feiras, às 20h, nos fundos do Colégio Estadual Padre Cláudio Morelli. O telefone para contato é o (41) 3348-1808. O grupo deve distribuir panfletos para orientar a população sobre as denúncias, que podem ser feitas até mesmo pela internet.