Por Luiz Henrique de Oliveira e Antônio Nascimento

Uma confusão generalizada entre grupos rivais, que começou em um bar e terminou em uma Unidade de Saúde (US), deixou duas pessoas baleadas e seis pessoas presas, na madrugada desta quarta-feira (23), em Fazenda Rio Grande, na região metropolitana de Curitiba.

Segundo a Polícia Militar (PM), tudo começou quando dentro de um bar, no bairro Jardim Eucalipto, Henrique Ortiz da Silva, de 19 anos, e Agnaldo da Silva, de 28, que não são parentes, discutiram feio. “O rapaz mais novo foi baleado e levado por amigos à US. O detalhe é que o Agnaldo não se deu por satisfeito e foi até o local para terminar o serviço”, contou à Banda B o tenente Pedro, da PM.

De acordo com o tenente, na US houve uma nova troca de tiros. “Nessa situação o Agnaldo levou a pior, sendo baleado com tiros de pistola por um adolescente de 17 anos, amigo do Henrique. Nossa viatura chegou, apreendeu o menor e encaminhou mais seis pessoas para a delegacia. Serão todos ouvidos para que a situação seja esclarecida”, concluiu o tenente.

Agnalgo e Henrique, pivôs de toda a encrenca, seguem internados em estado grave.