(Fotos: Djalma Malaquias – Banda B)

 

O corpo de um homem foi encontrado dentro de uma valeta no bairro Sítio Cercado, em Curitiba, na manhã desta quarta-feira (20). Ele estava enrolado em uma piscina de plástico e um cobertor, com as mãos e pés amarrados, na Rua Tijucas do Sul.

Segundo o perito Marcos Teixeira, do Instituto de Criminalística, os suspeitos ainda jogaram cal no cadáver, com o intuito de disfarçar o mau cheiro. “Eles fizeram todo um procedimento para ocultar o corpo. Pela análise inicial, percebemos que a vítima sofreu uma degola profunda e morreu há mais de 24 horas”, contou ele em entrevista à Banda B.

Ainda não há informações sobre a identificação do rapaz. “Nós não temos nenhum conhecido, não sabemos de quem se trata. O que chegou para a gente é que seria um morador de rua, trazido em um carrinho, mas isso ainda não pode ser confirmado. Câmeras nas redondezas vão ajudar nas investigações”, disse o investigador Ney, da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), responsável pelo caso.

O corpo deve ser recolhido ao Instituto Médico Legal de Curitiba para exames.

Baleados

Ainda no bairro Sítio Cercado, dois homens foram baleados por ocupantes de um carro, na Rua Izaac Ferreira da Cruz. Um deles conseguiu correr algumas quadras até cair na Rua São José dos Pinhais, enquanto o outro permaneceu no local.

Os dois homens foram socorridos sem risco de morte. Os casos devem ser investigados pela DHPP.